(Des)Aventuras Call it life Vida Académica Na prateleira Pipocas precisam-se Eu, escritora Blogs,Blogs,Blogs Tick tock On repeat 2 ou mais Pois... quanto a isso

segunda-feira, 25 de julho de 2016

"A Rapariga no Comboio" - review




Título: "A Rapariga no Comboio" ( "The Girl on the Train")
Autor: Paula Hawkins
Editora: Topseller
Género: Thriller
1ª publicação: janeiro de 2015
1ª publicação em Portugal: junho de 2015
Número de páginas: 319

Sou uma leitora voraz (que não hajam dúvidas  disso),  no entanto os meus olhos nunca tinha parado num thriller. Não que não tivesse curiosidade, não que não gostasse do conceito, a questão é que, desde muito nova, que os livros de fantasia e os policiais são os que mais param nas minhas mãos, sendo que, de vez em quando, lá dá à costa um romance ou outro. Nesta onda de pensamentos, quando comecei a ouvir falar deste livro - chamado agora por muitos: o livro de 2015 - os meus olhos brilharam e, neste momento, "A Rapariga no Comboio" tem um lugar especial na estante do meu coração (ao lado da saga Harry Potter, d'O Principizinho, d'As Aventuras de Sherlock Homes e do icónico romance Orgulho e Preconceito).

Rachel, aquela a quem podemos chamar de personagem principal, faz a mesma viagem de comboio todos os dias. É nessa viagem que é confrontada com os próprios pensamentos sobre a sua vida, algo nada agradável, já que a mesma foi destruída pelo consumo compulsivo de álcool. Assim, precisava de um escape, precisava do casal "Jess e Jason". Era observadora, era essa sua capacidade que a entretinha nas viagens. A partir de um monde de roupas criava uma história, de  Jess e Jason, a vida perfeita. Sempre lhe pareceram o casal ideal quando os observava, todas as manhãs, durante o avermelhar do semáforo. E se a imagem de algo que consideram perfeito fosse arruinada? Foi isso que aconteceu a Rachel, a ideia que tinha sobre aquelas pessoas foi modificada e, a partir desse dia, a sua vida sofreu uma reviravolta, vendo-se envolvida numa teia de mistérios que se incube de desvendar custe o que custar, mesmo que o preço seja a própria vida.

O livro é dotado de toda uma atmosfera paranóica. É de um brilhantismo mórbido bastante singular do qual me tornei fã. O enredo, contado por três narradoras  autodiegéticas, Rachel, Anna e Megan, as três grandes personagens femininas, prende o leitor, está otimamente construído, a escrita é acessível e bastante expressiva, uma característica que me costuma atrair. É um livro carregado de mistérios nos quais Paula Hawkins nos encaminha, pouco a pouco, através das suas personagens.
Uma das características que me atrai tanto para esta obra é, sem dúvida, as personagens, bastante complexas e detestáveis. O leitor está sempre a olhar por cima do ombro sem nunca saber em quem confiar, é envolto em mentiras e atacado pelas personalidades difíceis de cada uma das narradoras. Acho isso fascinante, adoro cada uma das personagens por não simpatizar com nenhuma e por todas serem tão horríveis. Ao longo das páginas, percebê-mo-las, entramos na sua vida e somos marcados por elas.

É um livro life changing, faz-nos pensar no tão pouco que conhecê-mos as pessoas à nossa volta e como nada é o que parece. Cheguei à conclusão que é daquelas obras que, ou se ama, ou se odeia, visto que já li tantas boas opiniões como más. Há  quem não perceba o alarido feito à volta da obra, quem o ache aborrecido, há quem diga que a experiência foi estragada pelas altas espectativas, eu, como já repararam, tenho a melhor das opiniões. Avaliei-o no Goodreads com 4/5 estrelas.

A adaptação deste thriller estreia a  7 de outubro deste ano nos Estados Unidos, sem data confirmada em Portugal. O trailer  oficial já está disponível (contém spoilers).


A Rapariga no Comboio é uma caixinha de surpresas com um otimo plot e personagens surpreendentes. Um must read.



8 comentários:

  1. Mulher que resenha maravilhosa e vc nao deu spoiler
    arrasou
    eu estou com muitas leituras atrasadas, mais gosto muito de ficar por dentro de outros livros;;Vc arrasou
    grande beijo
    www.zilandrarodrigues.com.br

    ResponderEliminar
  2. Obrigada! :)
    Espero que continues ler e a gostar dos posts! Planeio escrever mais resenhas.

    ResponderEliminar
  3. A tua review é excelente, super bem escrita
    Tenho imensa curiosidade relativamente a esse livro!
    Beijinhos

    http://chocopink89.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada!
    É extremamente cativante, arrisca 😉

    ResponderEliminar
  5. Muito bem escrito :) Sempre tive uma certa curiosidade em relação a esse livro, depois de acabar os dois livros que já tenho para ler, talvez compre!
    Beijinhos

    Saturn's Mermaid

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada! :)
      É um otimo livro, vale a pena ler, nem que seja pelas conclusões que nos faz tirar acerca do que está à nossa volta

      Eliminar
  6. Muito bem. Uma crítica bem construída. É um livro a ler, definitivamente.

    ResponderEliminar